BLOG DA VANDA

Crie glitters aqui!

Bem-Vindos!

barrinha zipper

Barrinha MaynaBaby

PENSAMENTO DA SEMANA:

PENSAMENTO DA SEMANA:

PENSAMENTO DA SEMANA:

PENSAMENTO DA SEMANA:
A NEVE E AS TEMPESTADES MATAM AS FLORES, MAS NADA PODEM CONTRA AS SEMENTES. (K. Gibran)

Total de visualizações de página

Pesquisar neste blog

SlideShow

Crie glitters aqui!

obrigada pela visita


Click here for Myspace Layouts

** MEUS VÍDEOS NO YT **

MEUS POEMAS VIDEOLOG

MEUS POEMAS VIDEOLOG
Poemas de Vanda de Freitas Bezerra

* VÍDEOS HOMENAGEM *

* POEMAS DE AMIGOS *

PREFACIO.NET (Literatura)

**** MEUS POEMAS ****

**** MEUS POEMAS ****

quinta-feira, 1 de abril de 2010

INSEGURANÇA (vandafbezerra)

INSEGURANÇA

poema escrito por
Vanda de Freitas Bezerra

(03/08/1983)
Sabor de angústia que amarga a boca
da ilusão de te ter para mim que sou sua
alma gêmea na insegurança de 
encontrar algum dia,
o amor que ainda busca. 

Coração desejoso de encontrar 
seu coração amigo,
num só ritmo pulsando, e em 

silêncio amando
a vida de luta incessante, porém, 
que nos leva
a depararmos com o que estamos procurando.


A luz de teus olhos inspira pureza
de espírito fraterno e emana a verdade.
Sentimentos profundos, dignos e belos,
enfeitam teu corpo, deixando saudades
.


Partistes e eu fiquei na angústia 
que deprime
até os mais fortes, que já se refugiaram 

no caminho,
cansados, vencidos, dormindo ao relento,
fechados em si mesmos, sofrendo sozinhos.


Levaste contigo a esperança que eu tinha
de ter-te comigo e eu estar com você
em pensamentos que brotam n’alguma 

hora do dia
trazendo alegria, inspirando o viver.


A mim, ainda resta a ferina miragem,
de ver-te de volta, voltando pra mim
as mãos, que acenam um adeus 

à distância,
pra não ver em meu rosto, 
as marcas do “fim”.